domingo, 4 de outubro de 2009

só por hoje

Hoje, não sei porquê. Mas foi hoje. Espero que tenha sido só por hoje. Nada em especial. Nada diferente. Mas poderia dizer pro meu coração o porque? O hoje estava no passado. Guardado dentro de caixas…quem abriu?
Eu tento encontrar o culpado de hoje.

Um comentário:

  1. Encantadoras suas prosas poéticas Tatiana.
    Parabéns, abraços

    ResponderExcluir

Obrigada...deixe seu link para que possa retribuir a visita! ;)

Copyright Text